terça-feira, 21 de maio de 2013

Canonização de Santa Teresinha, Beatificação dos Pais ....



Canonização

Em carta tornada pública em 1 de outubro de 2007, o Papa Bento XVI recordou que "Teresa de Lisieux, sem haver saído de seu Carmelo, (…) viveu à sua maneira, um autêntico espírito missionário (…) oferecendo ao mundo uma nova via espiritual lhe obteve o título de Doutora da Igreja. Desde Pio XI até os nossos dias, os Papas não têm deixado de recordar os laços entre oração, caridade e ação na missão da Igreja."A sua irmã, Paulina, também carmelita, publicou em 1898 os escritos de Santa Teresinha, intitulados "História de uma alma". No dia 17 de maio de 1925, Teresinha foi canonizada pelo Papa Pio XI. O mesmo Papa a declara Patrona Universal das Missões Católicas em1927. O Papa João Paulo II a declara Doutora da Igreja no dia 19 de outubro de 1997.

Beatificação dos Pais

No dia 31 de outubro de 2008, Dia Mundial das Missões, em Lisieux, na basílica dedicada precisamente à sua filha, os pais de Santa Teresinha, Luís Martin e Zélia Guérin  foram beatificados pela Igreja, em cerimônia presidida pelo cardeal José Saraiva Martins. Na ocasião Saraiva Martins conclamou as famílias presentes "para que imitem os dois esposos e se tornem eles próprios lares santos e missionários." Foi o segundo casal a ser beatificado pela Igreja Católica.

Veneração dos Brasileiros 


Desde
 26 de setembro de 2009 a 4 de   
. do outubro de 2009, o Bispo de Garanhuns presidiu a Festivais Teresianais, « Les Fêtes thérésiennes », em Lisieux, na França. Nesta ocasião, ele lembrou que o Brasil tinha dado um relicário de prata com o dinheiro dos fiéis do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Pouso Alegre, Guaxupé, Sobral,Curitiba, etc. Desde 1921, o Santuário do Brasil, le « Sanctuaire du Brésil », como os Franceses chamam, que contém os ossos de Santa Terezinha do Menino Jesus foi ao redor do mundo. . O Santuário de Santa Terezinha para Taboão da Serra é uma prova clara da devoção dos brasileiros. 50 anos atrás, uma cade 2004, a freguesia foi elevada a Santuário Diocesano e incluiu seis comunidades de 50 mil paroquianos. Em novembro de 2004, Câmara Municipal de Taboão da Serra decretou Santa Terezinha « padroeira da cidade » e hoje 1 de outubro, dia de Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, é feriado.
Há 50 anos atrás (1960), nas terras da Fazenda Intans, no Município de Santa Quitéria, Ceará, foi construída e inaugurada a Capela de Santa Teresinha do Menino Jesus, a terra para a construção da Capela foi doada à Igreja Católica por Milton Araújo, a Capela foi idealizada pelo Padre Odilon, arquitetada e construída por Antonio Alberto (Mestre de Obras). A população da localidade começou a fazer suas casas ao redor da capela, a localidade cresceu, foi elevada ao grau de Distrito e recebeu, carinhosamente o nome de Distrito de Lisieux, em homenagem à Santa Teresinha de Lisieux.
O Distrito de Lisieux aguarda plebiscito para emancipação desde o ano de 2010, a qual será elevada, ao grau de Município Cearense, espero que seja contemplada com o nome de Município de Lisieux – Estado do Ceará. Lisieux hoje é um Distrito com cerca de 9000 habitantes, 2 grandes Colégios de Ensino Fundamental e Médio, comércio local forte e uma população muito trabalhadora (Fonte: BLOG DOS AMIGOS DE LISIEUX).
Em Ribeirão Preto (SP), há duas paróquias dedicadas à Santa. A tradicional Santa Teresinha do Menino Jesus, no bairro Vila Tamandaré, reconhecida como paróquia desde 1971, e a Santa Teresinha Doutora, no bairro Ribeirânia, criada em 2001. Além disso, uma capela, no Santuário de Sete Capelas, ponto turístico da cidade, também é dedicada a ela.
O município de Cerqueira César, no interior de São Paulo foi um dos primeiros a ser dedicado à Santa Teresinha do Menino Jesus, no mundo. Pois instantes após sua canonização pelo Papa Pio XI, em 1925, o então Arcebispo da Cúria de Botucatu elevou a antiga Paróquia do Sagrada Família à Santa Teresinha do Menino Jesus em devoção à "santinha das rosas".
Em junho de 1988 a antiga Matriz de Santa Teresinha, em Cerqueira César (SP) foi implodida pois o templo apresentava rachaduras. O fato ganhou repercussão nacional pois foi a primeira Igreja Católica a ser implodida no mundo. Mais tarde a construção da arrojada Matriz deu lugar ao Santuário de Santa Teresinha do Menino Jesus, pertencente à Arquidiocese de Botucatu. Atualmente o Santuário Arquidiocesano de Santa Teresinha, localizado na cidade de Cerqueira César, interior paulista, abriga as Relíquias de Santa Teresinha vinda especialmente de Lisieux na França.
Na cidade de Mogi Guaçu - SP, há a Igreja Matriz de Santa Teresinha do Menino Jesus, localizada no bairro Santa Terezinha I, sede da Paróquia homônima criada em 30 de janeiro de 1998, por Dom Dadeus Grings, 3° bispo de São João da Boa Vista. O início da devoção à virgem e doutora nesta localidade foi em 20 de junho de 1976, quando Pe. Lauro Vollering, A.A. fundou a comunidade e colocou a primeira cruz no terreno onde hoje está a Igreja.  A Igreja guarda as relíquias da Santa (fios de cabelo de Teresinha) em um belo relicário sob a imagem da padroeira.
 Também existe muitas outras Igrejas com o nome de Santa teresinha entre elas: a Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus - Rua Doutor Rubens Rebouças de Carvalho, Osasco, São Paulo, Brasil, onde temos a Relíquia(pedaço da carne e da veste) da própria Santa vinda de Lisieux. Venha conhecer e prestigiar essa Nova de Santa Teresinha.